Juiz de Fora irá segregar homens em assentos de coletivos

Ônibus segregado por gênero será lei em Juiz de Fora- MG.
Ônibus segregado por gênero será lei em Juiz de Fora- MG. Foto: quasefocas.wordpress.com

Em tramite, na Câmara Municipal de Juiz de Fora,  uma medida, proposta pelo vereador do PMDB Julio Gasparette, que reserva 100% dos assentos dos transportes coletivos a “mulheres, idosos, obesos, gestantes, pessoas com deficiência ou limitação temporária de locomoção”. Na prática, se você for homem e tiver pago a passagem, será obrigado por coação estatal, a dar seu assento a qualquer mulher que estiver de pé: saudável ou não. Teremos situações bizarras, com transportes públicos contendo 100% de homens pagantes em pé, portanto segregados dos assentos, e a totalidade das mulheres, sentadas. Isso, levando em conta, que ser mulher não representa nenhuma diferença de mobilidade ou direitos em relação ao homem, ao contrário das outras condições citadas.

É isso mesmo: Você, trabalhador, paga a passagem para ir à labuta e tem de ceder o assento a uma dondoca de 18 anos indo para a balada. Imagine o absurdo que é um Sr. de 59 anos dando o lugar a uma moça de 18, porque é do sexo feminino.

Cedo meu lugar, de bom grado, a deficientes, idosos, gestantes e pessoas com crianças de colo. Posso ceder a pessoas em outras condições, mas de livre vontade e não por meio da coação de políticos, que sugam o trabalhador e não oferecem nada em troca.

Segregação não é novidade

No Alabama, Mississipi, Louisiana e muitos estados do Sul dos EUA, assentos separados para negros e brancos eram comuns. A pratica motivou um grupo chamado Viajantes pela Liberdade, formado por defensores dos direitos civis americanos, a cruzar o país em ônibus interestaduais defendendo a constituição americana e a decisão da suprema corte, que considerou ilegal separar pessoas em conduções públicas. Nos ônibus, brancos e negros sentavam lado a lado nos assentos. Portanto, desobediência civil pode ser a melhor solução contra a intransigência do Estado na vida social.

Fontes:
Viajantes da Liberdade, https://pt.wikipedia.org/wiki/Viajantes_da_Liberdade

Ônibus podem ter 100% de assentos preferenciais, http://www.tribunademinas.com.br/onibus-podem-ter-100-de-assentos-preferenciais/

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s