imagem Golpe da Barriga ganha novo reforço com código civil

Com o novo código civil em via de desembocar como uma bomba de pregos no seio da sociedade brasileira, novas regras serão impostas ao convívio social e parental. Uma delas, totalmente ocultada do cidadão médio, sem nenhuma discussão com a sociedade civil (a menos que você chame grupos feministas de sociedade civil), é a modificação da lei de pensões para idosos, crianças e adolescentes (o que deve incluir barbados de quase 30 anos, literalmente!)

Passam a valer as regras:

  • A requerente tem direito a 30% dos salário do pagador – antes isso era facultativo ao juiz, agora é lei. Se você ganha, digamos, R$27.000, terá de dar R$9.000 a sua ex para ela gestar as necessidade de seu filho (que incluem shopping center, sapatos caros e roupas de grife para a mãe). A isso chamamos de “pensão caviar“.
  • Se você atrasar o pagamento em um mês estará preso – Quando você junta 3 coisas chamadas juristas, “feministas de toga” e legisladores; bons resultados não são esperados. Atrasou um mês, cadeia em regime fechado por 3. Onde você será devidamente estuprado pelos colegas de cela. Detalhe: Preso, certamente você poderá trabalhar para pagar a pensão, não é mesmo? Pior, preso deverá continuar pagando e para deflagar a hecatombe nuclear de vez, ao ser preso, você perderá seu emprego! Como o legislativo consegue fechar essa conta, eu não sei. Mas políticos fisiológicos não precisam somar 1+1, eles só precisam aliviar suas masturbações mentais no baixo ventre da sociedade brasileira.

Dica: Se não puder pagar, fique preso pelo resto da vida. Agradeça pelo golpe da barriga aos poderes públicos desse país, que em tempo de crise, conseguem transformar a vida do cidadão num inferno ainda pior. Façam vasectomia, também. Com todos os riscos cirúrgicos, nada é pior que ser extorquido pelo decadente e criminoso estado brasileiro.

Principalmente: Não culpe às mulheres! Se estamos vivendo num inferno existencial, a culpa é do Estado. O Estado é um câncer que precisa ser atomizado a quase ZERO. Infelizmente, falar em Estado Mínimo no Brasil, não é utopia, é esquizofrenia mesmo.

Mais um adendo: Não se engane e caia na balela feminista, principalmente a que lemos e vemos na grande mídia, de que não existe golpe da barriga, a Internet está cheia de relatos e algumas canalhas até tentam tirar dúvidas sobre como aplicar o supracitado golpe para segurar homem. (http://elo.com.br/portal/intimidade/ver/216607/86719-o-golpe-da-barriga-ainda-da-certo.html)

Fonte: http://www.redesul.am.br/Cristal-am/noticias/geral/21-01-2016/mudancas-na-lei-pensao-alimenticia-ficara-mais-rigorosa-a-partir-de-marco

Imagem: Pregnancy_26_weeks.jpg: Tom Adriaenssen

Anúncios

2 comentários

  1. Isso já é assim ou até pior em outros países, não é só no brasil. Enchem as mulheres de direitos e privilégios, meia duzia de pessoas ainda caem nessa, mas a grande maioria simplesmente não se casa, não se relaciona formalmente, partem para o sexo casual em que ninguém sabe o nome de ninguém sendo mais difícil processar, em alguns casos passam a fazer sexo entre homens que é mais garantido. Depois as mulheres ficam lamentando que ninguém quer relacionamento sério e aquele mimimi de sempre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s