O PT desmoralizado continua a moralizar-nos…

O PT é o partido que acabou. Tinha um projeto de poder, que baseava-se na Grande Pátria Latinoamericana, envolta em valores nefastos agregados por ele e seus partidos satélites, como o PSOL e PCdoB. Mas está destruído. Sobrou sua causa nas bancadas feministas, LGBT, racialistas e indigenistas. Umas com mais apelo do que outras, como os idigenistas e feministas. Mas o partido segue a empunhar bandeiras moralizantes, como a infame aprovação de Dilma dos supostos direitos exclusivíssimos dos LGBTs, no Conselho Nacional de Combate à Discriminação e Promoções dos Direitos de Lésbicas, Gays, Travestis e Transexuais, em uma resolução que autoriza as pessoas a frequentarem banheiro de acordo com sua disposição psicológica ou compulsão fantasiosa: Se um dia sente-se um gajo, que vá no masculino. Se no outro, pensa em ser rapariga, seu lugar é no banheiro feminino.

PT - partido corrupto e desmoralizado
PT – Um partido corrupto e desmoralizado que segue impondo sua cartilha moral e cultural para a população.

Não preciso dizer que isso significará aumento brutal no número de estupros nos banheiros femininos. Estupros de fato, e não faniquitos feministas, como vistos na promoção da postiça cultura do estupro, onde acusa-se o trabalhador brasileiro deste crime hediondo. Estamos aqui falando de algo muito sério, que pôe em risco a saúde e integridade de muitas mulheres.

O grande problema é que o PT não tem moral para ser estapafúrdio. Não são políticos suecos, que imbecis como se queira, são honestos, ao menos. Quando qualquer de seus quejandos vem a público defender minorias, saltam nas tamancas uma enxurrada de blogueiros mostrando que estes políticos que lutam pelas mulheres e gays, apoiam movimentos islâmicos extremistas no Oriente Médio. Os mesmos que escravizam e torturam mulheres. Os mesmos políticos que estão envolvidos numa miríade de processos e acusações de corrupção. Pessoas como Dilma Rousseff, Maria do Rosário, Jandira Feghali e Altamiro Borges representam as ruínas do pós-guerra, têm um pensamento social disforme e não conseguem discernir entre escombros e palácios. Para eles é tudo relativo. É tudo cultural.

Na hierarquia dos justiceiros sociais, defendida por estas excelências, mulheres estão abaixo dos LGBTs, portanto não há nenhum problema em as expor aos riscos de estupro em banheiros onde transsexuais e travestis “lésbicos” exibirão seus membros sexuais. Afinal a segunda classe está acima na escala opression. Do mesmo modo, não há problema em ser homem e terminar surrado por sua mulher. No ocidente é assim que funciona: a sociedade enxerga o mundo de um modo e tem suas regras e hierárquias, enquanto os governos a invertem para criar à utopia igualitarista. De modo que, diante de um juiz, um patrão seja um porco, um homem um monstro violento e um transsexual, um ser iluminado.

Infelizmente, as coisas não são tão simples. O mundo é cruel e todas as pessoas podem delinquir. Todo ser humano tem essa capacidade. Negligenciada pelos políticos de acordo com sua posição humana na escala Opression Politics, da qual o PT é adepto intransigente.

Fontes:
Banheiros “Multissex”
http://www.midiasemmascara.org/artigos/governo-do-pt/15861-banheiro-unissex-um-atentado-contra-as-mulheres.html

Altamiro Borges quer prender pessoas que vaiam petistas
http://lucianoayan.com/2015/05/26/altamiro-borges-quer-prender-pessoas-que-vaiam-petistas/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s