Estupro por pensamento: Os limites do feminismo estatal

Uma senhorita, aparentemente esquizofrênica, registrou Boletim de Ocorrência por estupro contra dois homens. Detalhe: teria sido abusada por pensamento. Sim! Eu falava que a paranoia estuprista (e separo as acusações verídicas das denunciações caluniosas e dementes) no Brasil chegaria ao ponto do “estupro por pensamento”. E chegou. O Boletim foi registrado na Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher de São Paulo. Este, sem dúvida, é o limite do feminismo estatólatra de nossa polícia e justiça. A atomização do homem até a condição de um criminoso fictício. Ele pode violentar por pensamento, pior: Engravidar, ejacular e transmitir doenças por pensamento. Segue trecho:

Na queixa, ela relata que os dois homens a forçam a manter relações sexuais contra a vontade dela. Segundo o depoimento, “nenhum deles é carinhoso” e a mulher afirmou sempre tomar anticoncepcionais “para não engravidar”.

Sem dúvida, isto está muito além do que sites de humor, como Zambininha e Joselito Muller, conseguem propor em suas linhagens editoriais. É um deboche, um escárnio imoral contra pais de família que trabalham 50 horas por semana para sustentar mulheres fúteis, loucas e feministas insanas e recebem como pagamento um escarro na face. Acusações falsas, feministas furando homens nos metrôs, a distribuir panfletos contra homens acompanhados de suas parceiras em pleno carnaval, criminalizando a paquera e o flerte, tudo com a condescendência da imprensa e mídia militantes, já não são mais pautas suficientes para o deleite midiático total e sem oposição das(os) militantes. É preciso ir além, romper a barreira do sobrenatural, surreal e dadaísta. É preciso que o Estado aceite uma denúncia de estupro telepático com risco de gravidez. Detalhe, o próprio B.O é um conto erótico cyber-punk .

Estupro por pensamento
Estupro por pensamento

Fonte: https://br.noticias.yahoo.com/blogs/vi-na-internet/delegacia-registra-ocorr%C3%AAncia-estupro-por-pensamento-221511868.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s